Desde 1975 levando vida para todos.

Alimento diário


Semana 7 - Monday


SÉRIE: NOSSA ATITUDE PARA COM AS VERDADES (PARTE 2)
MENSAGEM 23: O Leão de Judá – (Ap 5:5)
Leitura bíblica:
Rm 7:6; 2 Co 3:6; 12:1-4; 2 Pe 3:15-16
Ler com oração:

Ministro de acordo com a dispensação da parte de Deus, que me foi confiada a vosso favor, para dar pleno cumprimento à palavra de Deus (Cl 1:25). O espírito é o que vivifica; a carne para nada aproveita; as palavras que eu vos tenho dito são espírito e são vida (Jo 6:63).


A IMPORTÂNCIA DOS ESCRITOS DE PAULO NO NOVO TESTAMENTO

O Novo Testamento é composto de vinte e sete livros, dos quais catorze foram escritos pelo apóstolo Paulo. Uma vez que não esteve com o Senhor Jesus em Seu ministério terreno, Deus precisou prepará-lo de maneira especial, dando-lhe visões e revelações sobre Seu plano eterno e sobre Sua economia neotestamentária, e o incumbiu de colocar por escrito o conteúdo dessas revelações (2 Co 12:1-4; Ef 3:3-4; Cl 1:25).
Felizmente, Paulo não apenas falou às igrejas as palavras inefáveis que tinha ouvido ao ser arrebatado até o terceiro céu e ao paraíso, mas também deixou tudo registrado em suas epístolas para nossa ajuda. Antes de ser aprisionado em Roma, Paulo escreveu seis cartas: Gálatas, Romanos, 1 e 2 Coríntios e 1 e 2 Tessalonicenses. Enquanto esteve preso, ele escreveu as oito epístolas que completam os seus escritos. Esse foi o principal objetivo de seu ministério.
As epístolas de Paulo contêm verdades profundas. Até mesmo o apóstolo Pedro, em sua segunda epístola, diz que as cartas de Paulo contêm certas coisas difíceis de entender, que acabam dando ensejo a comentários deturpados que não edificam os santos (3:15-16). Por essa razão, quando lemos as cartas de Paulo, bem como todas as Escrituras, precisamos fazê-lo exercitando o espírito, invocando o nome do Senhor, para não ficarmos na caducidade da letra, mas extrairmos vida do Espírito que há na Palavra de Deus (Jo 6:63; Rm 7:6; 2 Co 3:6). Esse tipo de leitura nos encoraja, nos renova e produz vida, não apenas para nós mesmos, mas também para aqueles que estão à nossa volta.