Desde 1975 levando vida para todos.

Alimento diário


Semana 1 - quinta-feira


SÉRIE: A Economia Divina
MENSAGEM: 01: Fé, amor e esperança – (Cl 1:3-6; Ef 1:1-3)
Leitura bíblica:
1 Co 15:58; 2 Co 1:7; 2:4; Cl 1:3-5
Ler com oração:

Suportai-vos uns aos outros, perdoai-vos mutuamente, caso alguém tenha motivo de queixa contra outrem. Assim como o Senhor vos perdoou, assim também perdoai vós; acima de tudo isto, porém, esteja o amor, que é o vínculo da perfeição (Cl 3:13-14).


A FÉ, O AMOR E A ESPERANÇA DA IGREJA EM COLOSSOS

Em Colossenses 1:3-5 lemos: “Damos sempre graças a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, quando oramos por vós, desde que ouvimos da vossa fé em Cristo Jesus e do amor que tendes para com todos os santos; por causa da esperança que vos está preservada nos céus, da qual antes ouvistes pela palavra da verdade do evangelho”. Paulo estava alegre e dava graças a Deus pelos irmãos de Colossos, pois eles tinham um viver normal: exercitavam a fé, praticavam o amor e cultivavam a esperança. Essa carta, no entanto, chegou até nós, mostrando que precisamos ser trabalhados nesses três pontos – fé, amor e esperança – não apenas tendo em vista nosso próprio desfrute, mas também para termos um cuidado adequado para com as pessoas.
Cremos que o apóstolo Paulo também exercitava sua fé, amor e esperança em favor dos irmãos, como ele mesmo descreve: “Porque, no meio de muitos sofrimentos e angústias de coração, vos escrevi, com muitas lágrimas, não para que ficásseis entristecidos, mas para que conhecêsseis o amor que vos consagro em grande medida” (2 Co 2:4). Paulo tinha um coração alargado, cheio de amor para com os irmãos que ele cuidava. A experiência de Onésimo é um exemplo disso. Da mesma forma, quando nos apresentamos ao Senhor para cuidar de alguém, precisamos buscar diante Dele o amor e a paciência adequados para esse labor.
O Senhor sempre nos dá oportunidade de encontrar muitas pessoas, seja no trabalho, no local de estudo ou na vizinhança. Seu amor nos impulsiona a falar a palavra do evangelho em toda e qualquer situação. Se formos tímidos, podemos apresentar a Palavra de Deus através de um livro, por exemplo. Muitas vezes, no entanto, a pessoa nos ouve, mas não se converte naquele primeiro momento. De nossa parte, é necessário crer que no Senhor o nosso trabalho não é vão (1 Co 15:58). Com essa postura, iremos desenvolver a paciência e a perseverança, características essenciais no cuidado para com as pessoas. Essa foi a atitude de Paulo ao cuidar de Onésimo, que se tornou útil ao ministério do apóstolo e ao Senhor.
 


Ponto-chave:

Fé, amor e esperança.

Pergunta:

De que maneira podemos aplicar os itens fé, amor e esperança ao cuidar das pessoas?

 

Leitura de apoio:

“Chamados para promover a Fé” – cap. 1 – Dong Yu Lan.
“A nossa esperança não se limita a esta vida” – cap. 3 – Editora Árvore da Vida.